Um Parthenon de livros!!!

Você já imaginou um Parthenon todo de livros? Pois essa é a obra da artista Marta Minujín, produzida em 1983 na Argentina.

A obra foi construída usando uma estrutura de 30 metros de comprimento por 12 metros de altura. Tinha 20 mil livros ali!!!

Minujín escolheu livros que haviam sido banidos durante a ditadura militar argentina (1976-83), incluindo obras de Sigmund Freud, Karl Marx, Jean-Paul Sartre, Adam Smith, Ernesto Sábato, Antonio Gramsci, G.W.F. Hegel, Ernest Hemingway, Jorge Luis Borges, Marguerite Yourcenar e Michel Foucault, além de volumes de referência como a Enciclopédia salvat e histórias infantis, incluindo O Pequeno Príncipe de Antoine de Saint-Exupéry.

Os livros foram doados por mais de trinta e cinco editoras, que mantinham muitos deles armazenados graças à coordenação da Câmara Argentina do Livro. Monumento à restauração da democracia em seu país natal, o projeto público de Minujín foi inaugurado em 19 de dezembro de 1983, apenas uma semana após a restauração da democracia.” fonte: tate.org.uk

#art #arte #historiadaarte #históriadaarte #arthistory #artwork #obradearte #artista #pintura #escultura #museudearte #museu #museum #artist #artgallery #artecontemporânea #contemporaryart #artist #clubedeleitura #martaminujin #pathenonbooks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: